A Noite das Bruxas: Curiosidades do filme recém-lançado no Star+

A Noite das Bruxas: Curiosidades do filme recém lançado no Star+
Divulgação

A Noite das Bruxas chegou ao streaming do Star+ depois de sua passagem pelos cinemas, e este é o terceiro filme que acompanha nosso amado detetive Hercule Poirot (Kenneth Branagh), clássico personagem das histórias de Agatha Christie. O thriller sobrenatural é dirigido e estrelado por Kenneth Branagh, vencedor do Oscar® de Melhor Roteiro Original por Belfast (2021), no qual atuou como roteirista e diretor.

A história, que se passa em uma noite de Halloween nos anos pós-Segunda Guerra Mundial, gira em torno de uma perturbadora sessão espírita em um decadente palácio veneziano, onde se reúne um variado grupo de convidados, interpretado por um brilhante elenco, incluindo Kyle Allen, Camille Cottin, Jamie Dornan, Tina Fey, Jude Hill, Ali Khan, Emma Laird, Kelly Reilly, Riccardo Scamarcio e Michelle Yeoh.

Entre os convidados está o famoso detetive Hercule Poirot (Kenneth Branagh), que se vê obrigado a resolver um caso de assassinato que o envolve em um mundo aterrorizante de sombras e segredos.

E para celebrar este lançamento no Star+, listamos algumas curiosidades do filme A Noite das Bruxas:

O terror no centro

O filme é uma adaptação do romance A Noite das Bruxas, mas o roteirista Michael Green também se inspirou em alguns contos de Christie que tratam do sobrenatural. “Existe uma coleção de contos conhecida como The Last Séance (publicado no Brasil como O Cão da Morte)”, diz Green, “e a história que dá título à coletânea é realmente assustadora. Assim, embora “A Noite das Bruxas” seja inspirado no livro homônimo, ele também carrega em seu DNA as ideias de Christie sobre o sobrenatural”. 

A partir daí, Branagh e Green adaptaram o texto original, transportando a trama do interior inglês para Veneza, acrescentando o elemento do Halloween, reduzindo o número de suspeitos e adicionando algumas tramas secundárias. Além disso, a equipe criativa se dedicou imensamente para trazer um tom aterrorizante em um cenário assustador.

A Noite das Bruxas imagem oficial
Divulgação

Um palácio assustador

Quando se trata de criar uma atmosfera de terror, poucas coisas trazem mais efeito do que um palácio decadente habitado por fantasmas. No filme, este palácio pertence a Rowena Drake (Kelly Reilly), uma renomada cantora de ópera aposentada que é anfitriã de uma festa de Halloween para crianças órfãs da cidade. Aparentemente, o palácio, que era um orfanato onde coisas terríveis aconteceram, é mal-assombrado e foi lá que sua amada filha Alicia morreu há um ano. Na esperança de falar com o espírito da filha, ela organiza uma sessão espírita.

Para a equipe por trás do filme, o palácio atuou mais como um personagem. Como diz Branagh, uma inquietação reina ali. “O inesperado está sempre pairando no ar”, diz o diretor. Para dar vida ao local, a equipe optou por construir os ambientes do palácio em um set em vez de filmar no local, pois a história é repleta de detalhes assustadores que precisaram ser criados. “Lustres caem, portas abrem sozinhas, água escorre pelas paredes…”, enumera o designer de produção John Paul Kelly. 

A iluminação sombria também contribui para a atmosfera aterrorizante. “O filme foi iluminado naturalmente, usando a luz disponível, que, nesse caso, era uma luz prática. O filme se passa à noite, portanto, a luz ambiente que entra pelas janelas é menor do que a que normalmente entraria em outro filme. E como os sets eram cobertos por um telhado, não havia fontes de luz vindas de cima e tínhamos muitas sombras escuras”, explica Kelly.

A Noite das Bruxas está disponível exclusivamente no Star+

Confira também: Crimes em Hollywood: Conheça o filme de 2022 que acabou de chegar no Prime Video

Não deixe de acompanhar todas as notícias diárias sobre filmes, séries e games no Jornada Geek. Aproveite para curtir a nossa página no facebook, além de nos seguir no twitterinstagram e também no Google News.

Sou brasileira, carioca da Gema, Bióloga, professora, Nerd, Traveller e geminiana. 39 anos com carinha de 25. Movida a filmes, séries e livros (falo sobre isso também nas minhas redes sociais @geekthingsblog). Tenho mais fases do que a própria lua, mas uma coisa que todos precisam saber sobre mim é que eu sempre realizo meus sonhos, por mais que isso demore um tempinho!