Kristen Stewart admite que ‘odiava’ fazer o reboot de Charlie’s Angels

Kristen Stewart em Os Anjos de Charlie

Kristen Stewart refletiu sobre sua reinicialização de Charlie’s Angels, admitindo que não gostou de fazer o filme.

Em um vídeo compartilhado nas redes sociais pela Variety, Stewart abordou uma citação de Charlie’s Angels que sua personagem disse na cena de abertura. A frase em questão é: “Você sabia que os homens levam mais sete segundos para perceber as mulheres como uma ameaça em comparação com um homem?” Stewart compartilhou seus pensamentos sobre a linha junto com o filme em si, observando como seu diálogo pretendia ser parte de uma “abertura forte” para a reinicialização. Embora ela tenha dito que parecia uma “boa ideia”, Stewart divulgou que ela “odiava fazer aquele filme”, sugerindo que os filmes anteriores de Charlie’s Angels simplesmente não poderiam ser igualados.

Kristen Stewart como Norah Price em Subaquático (2020) Filme de terror relacionado de Kristen Stewart se torna sucesso da Netflix anos depois de fracassar nos cinemas Um filme de terror estrelado por Kristen Stewart encontra nova popularidade na Netflix depois de ficar aquém das bilheterias em 2020.

“Sim, lembro-me de dizer isso”, explicou Stewart. “Isso era de um pequeno filme chamado Charlie’s Angels. Queríamos uma abertura forte, sabe? Queríamos realmente transmitir sobre o que era o filme. Foi uma boa ideia na época. Eu odiei fazer aquele filme. Eu Não sei mais o que dizer para você. Honestamente, os três (estrelas anteriores de Charlie’s Angels), você não pode tocar. Cameron (Diaz), Lucy (Liu) e Drew (Barrymore)… Eu amo esse filme .Eu amo esse filme, se isso diz alguma coisa.”

Elizabeth Banks dirigiu o reboot de Charlie’s Angels com Stewart co-estrelando ao lado de Naomi Scott e Ella Balinska. Seguiu-se a versão original da série de televisão, que foi ao ar de 1976 a 1981, bem como os dois longas-metragens: Charlie’s Angels de 2000 e Charlie’s Angels: Full Throttle de 2003. Infelizmente, o filme de 2019 não foi tão bem recebido, mal conseguindo arrecadar pouco mais de US$ 73 milhões em todo o mundo. Com orçamento de cerca de US$ 50 milhões e outros US$ 50 milhões gastos em marketing, o filme foi uma das maiores bombas de bilheteria de 2019. Também recebeu críticas nada estelares.

Kristen Stewart fala sobre o Batman Relacionado O Batman: Kristen Stewart reage ao elenco de fãs do Coringa Kristen Stewart reage a uma campanha de mídia social para escalá-la como o Coringa ao lado de seu co-estrela de Crepúsculo, Robert Pattinson, em uma sequência de O Batman. Fechar

“Para mim, independentemente de qual fosse o produto real, grande parte da história que a mídia queria contar sobre os Anjos de Charlie era que se tratava de algum manifesto feminista”, disse Banks à Rolling Stone em 2023, sugerindo que um grande motivo para o filme o fracasso foi a percepção de que isso fazia parte de uma agenda secreta que ela tinha. “Eu simplesmente adorei a franquia. Não havia essa agenda de gênero da minha parte.”

Ela acrescentou: “Foi um pouco chato. Parecia que isso me classificou e ao público do filme. Perder o controle da narrativa assim foi uma verdadeira chatice. Você percebe como a mídia pode enquadrar algo, independentemente de como você enquadrou isso. Acontece que sou uma mulher que dirigiu um filme de Charlie’s Angels que estrelou três mulheres incríveis.

A versão 2019 de Charlie’s Angels está atualmente sendo transmitida no Hulu.

Fonte: Variedade

Criado e liderado por Marco Victor Barbosa, jornalista formado pela UniAcademia (antigo CES/JF), o site Jornada Geek foi fundado em 2012 sob o nome de Cinefagia. Em 2016 seu nome foi alterado, e ao longo de todos estes anos foi atualizado constantemente com notícias e textos sobre filmes, séries e games.