8 comédias românticas subestimadas dos anos 2000

8 comédias românticas subestimadas dos anos 2000
Divulgação

As comédias românticas dos anos 2000 marcaram uma era, misturando humor, romance e situações inusitadas que capturavam a essência do amor e do encontro de almas gêmeas. Entre sucessos de bilheteria e clássicos cult, algumas pérolas permaneceram subestimadas, escondidas sob as sombras de seus contemporâneos mais famosos. Hoje, revisitamos oito comédias românticas dos anos 2000 que merecem ser redescobertas.

Esses filmes, com suas narrativas encantadoras, personagens memoráveis e reviravoltas inesperadas, proporcionam uma viagem no tempo para uma década de grande diversidade no cinema romântico. Eles exploram diferentes facetas do amor, desde a paixão avassaladora até a amizade que floresce em romance, demonstrando a universalidade desse sentimento.

Ao mergulharmos nessas histórias, encontramos não apenas entretenimento, mas também lições sobre o amor, relacionamentos e a busca pela felicidade. Essas comédias românticas subestimadas dos anos 2000 provam que, às vezes, os verdadeiros tesouros estão onde menos esperamos. Vamos redescobrir essas joias do cinema.

Confira abaixo 8 comédias românticas subestimadas dos anos 2000

1. Menina dos Olhos (2004)

Ben Affleck estrela como Ollie Trinke, um homem de negócios de sucesso que vê sua vida virar de cabeça para baixo após a trágica perda de sua esposa durante o parto. Enquanto luta para equilibrar sua carreira e as responsabilidades de ser pai solteiro, Ollie descobre o verdadeiro significado do amor e da família com a ajuda de Maya, uma amiga inesperada interpretada por Liv Tyler. Juntos, eles exploram as segundas chances que a vida oferece, em uma história tocante sobre perda, amor e redenção.

2. Simplesmente Amor (2003)

Simplesmente Amor é uma tapeçaria de histórias interligadas que exploram as várias formas de amor. O elenco estelar inclui Hugh Grant, Emma Thompson, Alan Rickman e Keira Knightley, entre outros. Ambientado em Londres, o filme acompanha os altos e baixos de casais e solteiros na época do Natal, desde o novo Primeiro-Ministro se apaixonando por uma membro da equipe, até um escritor encontrando um novo começo no sul da França. Com humor, sensibilidade e uma trilha sonora inesquecível, “Simplesmente Amor” é uma celebração do amor em todas as suas formas.

3. A Verdade Nua e Crua (2009)

Katherine Heigl e Gerard Butler brilham nesta comédia sobre as diferenças entre homens e mulheres. Abby Richter (Heigl) é uma produtora de TV controladora e solteira, que se vê obrigada a colaborar com Mike Chadway (Butler), um apresentador que promove estereótipos de gênero em seu segmento chamado A Verdade Nua e Crua. Enquanto Abby tenta encontrar o amor, Mike a desafia com suas teorias cínicas sobre relacionamentos. Juntos, eles embarcam em uma série de experimentos para provar as teorias de Mike, levando a resultados inesperados e hilariantes.

4. Ela é o Cara (2006)

Nesta adaptação moderna da peça Noite de Reis de Shakespeare, Amanda Bynes interpreta Viola, uma jovem apaixonada por futebol que se disfarça de seu irmão para entrar no time masculino após seu time feminino ser cortado. Enquanto navega pelas complicações de se passar por um garoto, Viola se apaixona por seu companheiro de quarto, Duke (Channing Tatum), que tem sua própria paixão por Olivia (Laura Ramsey). O filme é uma divertida mistura de identidades trocadas, romances complicados e o poder da amizade.

5. De Repente é Amor (2005)

Ashton Kutcher e Amanda Peet estrelam como Oliver e Emily, dois estranhos que se encontram por acaso em um voo de Los Angeles para Nova York. Apesar de sua química imediata, eles decidem que não são certos um para o outro. Ao longo dos próximos sete anos, a vida os reúne em várias ocasiões, levando-os a reconsiderar sua relação e os sentimentos que têm um pelo outro. “De Repente é Amor” explora a ideia de destino e se verdadeiros amores estão destinados a ficar juntos, independentemente das circunstâncias.

6. Penetras Bons de Bico (2005)

Sinopse: Vince Vaughn e Owen Wilson protagonizam como Jeremy e John, dois amigos que têm o hobby incomum de invadir casamentos para aproveitar a festa e conhecer mulheres. Tudo vai bem até que eles decidem ir ao casamento da filha de um importante político de Washington. Enquanto tentam se misturar entre os convidados, os dois acabam se envolvendo em situações cada vez mais complicadas e hilárias, aprendendo lições importantes sobre amor e amizade no processo.

7. Amor em Jogo (2005)

Esta comédia romântica estrelada por Drew Barrymore e Jimmy Fallon segue a história de Ben, um fanático torcedor do Boston Red Sox, que se apaixona por Lindsey, uma mulher de sucesso e com pouco interesse em beisebol. O relacionamento deles é posto à prova durante a temporada de beisebol, quando a obsessão de Ben pelo seu time começa a interferir em seu romance. “Amor em Jogo” é uma história divertida e comovente sobre encontrar o equilíbrio entre paixões e relacionamentos.

8. Legalmente Loira (2001)

Reese Witherspoon brilha como Elle Woods, uma jovem fútil e obcecada por rosa que decide seguir seu ex-namorado até a Harvard Law School para reconquistá-lo. Apesar de subestimada por seus colegas e professores, Elle usa sua inteligência e determinação para desafiar as expectativas e se destacar como uma advogada promissora. “Legalmente Loira” é uma inspiradora comédia romântica que celebra a importância de ser fiel a si mesmo enquanto desafia os estereótipos.

Confira também: TOP 10 de hoje: Os filmes em destaque na Netflix nesta sexta-feira (23/02)

Não deixe de acompanhar todas as notícias diárias sobre filmes, séries e games do Jornada Geek. Aproveite também para curtir a nossa página no facebook, além de nos seguir no twitter, instagram e também no Google News.

Amante de filmes, séries e games, criou o Jornada Geek em 2011. Em 2012 se formou em Jornalismo pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora (CES/JF), e a partir de então passou a fazer cursos com foco em uma especialização em SEO. Atualmente é responsável por desenvolver conteúdos diários para o site com focos em textos originais e notícias sobre as produções em andamento. Considera Sons of Anarchy algo inesquecível ao lado de 24 Horas, Vikings e The Big Bang Theory. Espera ansioso por qualquer filme de herói, conseguindo viver em um mundo em que você possa amar Marvel e DC ao mesmo tempo.