6 Filmes que homenageiam o mês da Consciência Negra na HBO Max

 judas e o messias negro | VOZES NEGRAS: Filmes que homenageiam o mês da Consciência Negra na HBO Max
Divulgação

HBO Max é uma plataforma de streaming que oferece o melhor entretenimento, com a maior variedade de séries e filmes e de marcas icônicas como HBO, Warner Bros., DC, Max Originals e grandes sucessos do cinema.

E em novembro, homenageando o mês da Consciência Negra, a HBO Max oferece sua seleção especial VOZES NEGRAS. A coleção destaca produções com diretores e roteiristas negros, assim como atuações impecáveis de pessoas negras. Também enfatiza histórias de luta pela igualdade, de ícones da história negra e lendas do esporte.

Confira abaixo 6 Filmes que homenageiam o mês da Consciência Negra na HBO Max:

A Cor Púrpura

Em 1906, em uma pequena cidade da Georgia, sul dos Estados Unidos, a quase adolescente Celie, violentada pelo próprio pai, torna-se mãe de duas crianças. Separada dos filhos, Celie, é doada à Mister, que a trata como companheira e escrava ao mesmo tempo. Cada vez mais calada e solitária, Celie passa a compartilhar sua tristeza em carta.

O Faixa Preta – A Verdadeira História de Fernando Tererê

As batalhas de Fernando Tererê dentro dos tatames, com a conquista de grandes competições, e também fora do esporte, onde se envolveu com drogas e apresentou outros problemas.

Um Sonho de Liberdade

Em 1946, Andy Dufresne, um banqueiro jovem e bem sucedido, tem a sua vida radicalmente modificada ao ser condenado por um crime que nunca cometeu, o homicídio de sua esposa e do amante dela. Ele é mandado para uma prisão que é o pesadelo de qualquer detento, a Penitenciária Estadual de Shawshank, no Maine.

Lá ele irá cumprir a pena perpétua. Andy logo será apresentado a Warden Norton, o corrupto e cruel agente penitenciário, que usa a Bíblia como arma de controle e ao Capitão Byron Hadley que trata os internos como animais. Andy faz amizade com Ellis Boyd Redding, um prisioneiro que cumpre pena há 20 anos e controla o mercado negro da instituição.

Farenheit 451

Em um futuro opressivo dominado pela tecnologia, a posse de livros e a literatura são proibidas. Guy Montag é um bombeiro, sua principal missão é queimar todos os livros que existem até que não sobre mais nenhum deles. No entanto, ele conhece Clarisse McClellan, uma jovem misteriosa que faz com que ele comece a questionar suas atitudes e todo o sistema vigente.

Judas e o Messias Negro

A história de Fred Hampton, um dos líderes do Partido dos Panteras Negras, que foi assassinado em 1969 sob as ordens do FBI, que coagiu um pequeno criminoso chamado William O’Neal para ajudá-los a silenciar Hampton, a pedido do agente do FBI Mitchell e J. Edgar Hoover.

King Richard: Criando Campeãs

King Richard: Criando Campeãs é um filme biográfico inspirado em Richard Williams, pai das famosas tênistas Serena Williams e Venus Williams. Obstinado em fazer de suas filhas futuras campeãs de tênis, Richard (Will Smith) usa métodos próprios e nada convencionais, seguindo a visão clara de futuro que construiu para as filhas Serena (Demi Singleton) e Venus (Saniyya Sidney).

Determinado, o pai das garotas vai fazer de tudo para que elas saiam das ruas de Compton para as quadras do mundo todo. Armado com plano ousado, Richard Williams trabalha para escrever suas filhas na história. Treinando nas quadras de tênis negligenciadas de Compton, Califórnia – faça chuva ou faça sol – as meninas são moldadas pelo compromisso inflexível de seu pai e pela perspectiva equilibrada e intuição aguçada de sua mãe, desafiando as probabilidades aparentemente intransponíveis e as expectativas prevalecentes diante delas.

King Richard segue a jornada edificante de uma família cuja determinação inabalável e crença incondicional acaba por entregar duas das maiores lendas do esporte do mundo.

Confira também: 8 Títulos que chegaram nos streamings e merecem sua atenção (17/11)

Não deixe de acompanhar todas as notícias diárias sobre filmes, séries e games do Jornada Geek. Aproveite também para curtir a nossa página no facebook, além de nos seguir no twitter, instagram e também no Google News.

Sou brasileira, carioca da Gema, Bióloga, professora, Nerd, Traveller e geminiana. 39 anos com carinha de 25. Movida a filmes, séries e livros (falo sobre isso também nas minhas redes sociais @geekthingsblog). Tenho mais fases do que a própria lua, mas uma coisa que todos precisam saber sobre mim é que eu sempre realizo meus sonhos, por mais que isso demore um tempinho!