Heróis dos Trilhos: Conheça a história real por trás da série Netflix

Heróis dos Trilhos
Divulgação

Heróis dos Trilhos estreou na Netflix há alguns dias, e no momento já é um dos grandes destaques da plataforma, ocupando até mesmo uma posição no Top 10 de séries.

Na série, os personagens correm contra o relógio para evitar que mais pessoas morram no que é considerado um dos piores desastres industriais de todos os tempos. E pois mais que a série conte uma história real, se trata de uma “ obra de ficção, mas inspirada em acontecimentos reais ”.

Então afinal, qual é a história real de Heróis dos trilhos:

Heróis dos Trilhos conta a história de um grupo de ferroviários que salvaram vidas em uma tragédia na Índia. Baseada em fatos reais, a série indiana mostra a perspectiva das vítimas e dos corajosos heróis que passaram pelo desastre de Bhopal.

Em 1984, um vazamento de gás em uma fábrica provocou mais de 3.500 mortes por intoxicação e poderia ter sido ainda pior se não fosse pelos trabalhadores de ferrovia que arriscaram suas próprias vidas para salvar outras pessoas.

Muitas condições precárias na Union Carbide India Limited (UCIL), que nunca foram atendidas, culminaram na tragédia do vazamento de gás em Bhopal em 1984. Entre 2 e 3 de dezembro, mais de 40 toneladas de gás isocianato de metila vazaram da fábrica de pesticidas da UCIL antes que os trabalhadores conseguissem impedi-lo.

Muitos dos sistemas de segurança da UCIL relacionados ao gás altamente tóxico isocianato de metila (MIC) estavam funcionando mal na fábrica. Muitas linhas e válvulas também estavam em más condições. Vários lavadores de gás de ventilação e a caldeira a vapor que deveria limpar os canos também não funcionavam. Combinar isso com trabalhadores não treinados na fábrica fez com que a água entrasse em um tanque de armazenamento MIC, produzindo uma reação exotérmica que vazou gás tóxico em Bhopal e arredores.

As pessoas afetadas enfrentaram problemas angustiantes, como ardor nos olhos, cegueira, problemas respiratórios e deficiência intelectual e de memória, entre outras coisas. No final das contas, o gás matou imediatamente aproximadamente 3.800 pessoas , a maioria delas morando perto da usina. Grande parte deste resultado trágico deveu-se ao momento do desastre, porque muitos deles estavam dormindo quando o gás foi liberado.

heróis dos trilhos
Divulgação

Aproximadamente 170 mil pessoas foram internadas no hospital. O que tornou tudo ainda pior foi que a equipe médica incluía muitos médicos subqualificados que não sabiam com o que estavam lidando quando os pacientes eram internados.

Três meses após os trágicos acontecimentos o governo indiano aprovou a Lei de Vazamento de Gás de Bhopal , permitindo que as autoridades representassem as vítimas do vazamento de gás dentro e fora do país. Outras leis, como a Lei de Proteção Ambiental de 1986 e a Lei de Responsabilidade Pública de 1991, foram aprovadas para limitar os custos das indústrias que trabalham com produtos químicos perigosos como o carbonato de metilo.

Além disso, o governo também alterou a Lei das Fábricas de 1948 para ajudar a causa. Ao longo dos anos, a UCC tentou fugir à responsabilidade para evitar pagar mais dinheiro às vítimas. A empresa tentou reter dados e ainda não declarou oficialmente o que havia na nuvem de gás venenoso que afetou e matou tantos civis no desastre de Bhopal.

Fonte: Screenrant

Confira também: Estes 10 filmes são os mais assistidos da semana (23/11)

Não deixe de acompanhar todas as notícias diárias sobre filmes, séries e games no Jornada Geek. Aproveite para curtir a nossa página no facebook, além de nos seguir no twitterinstagram e também no Google News.

Sou brasileira, carioca da Gema, Bióloga, professora, Nerd, Traveller e geminiana. 39 anos com carinha de 25. Movida a filmes, séries e livros (falo sobre isso também nas minhas redes sociais @geekthingsblog). Tenho mais fases do que a própria lua, mas uma coisa que todos precisam saber sobre mim é que eu sempre realizo meus sonhos, por mais que isso demore um tempinho!