The Last of Us Part 1 | Review

Jogo já está dosponível para Playstation 5.

Imagem do jogo The Last of Us Part 1 remake
Divulgação

Classificação:

The Last of Us Part 1 | Review

Anos após o seu lançamento original no Playstation 3, e com uma versão remasterizada lançada para Playstation 4, o jogo The Last of Us Part 1 está novamente em destaque na mídia por conta do lançamento de um remake para o Playstation 5. Mas esta nova versão é boa o bastante para chamar novamente a atenção do público que aproveitou essa trama anteriormente? E mais: será que este lançamento conseguirá atrair novos jogadores e jogadoras?

A história de The Last of Us Part 1

A trama de The Last of Us se passa vinte anos após a destruição da civilização moderna. Joel, um sobrevivente endurecido, é contratado para contrabandear Ellie, uma garota de 14 anos, de uma zona de quarentena opressiva. O motivo? Ela pode ser a cura para o surto que o mundo está passando há anos, e sendo assim capaz de voltar ao normal.

O que começa como um pequeno trabalho logo se torna uma jornada brutal, já que ambos devem atravessar os EUA e dependem um do outro para sobreviver diante de perigosas ameaças que passam a cruzar o seu caminho.

The Last of Us Part 1: Uma jogabilidade conhecida, mas uma nova experiência em gráficos

Ellie em The Last of Us Part 1
Divulgação

Um ponto extremamente importante a ser citado logo de início envolve justamente a jogabilidade de The Last of Us Part 1, já que ela se mantém fiel ao que foi apresentado ao público em seu lançamento original de 2013 e na sequência de 2019. Ou seja, neste ponto você não terá que passar por qualquer adaptação se conhece a franquia, embora ainda assim toda vez que você expande as possibilidades de criação e uso de comandos isso continue sendo destacado.

A grande novidade neste remake do jogo da Naughty Dogs lançado para Playstation 5 envolve realmente a sua parte de gráficos, que por sua vez foram trabalhados em todos os detalhes possíveis. As melhorias são grandes, acompanhando o estilo e qualidade apresentados em The Last of Us Part 2. E por mais que para alguns acabem não destacando tanto estas mudanças por conta da versão remastered de PS4, aqueles que jogaram o titulo originalmente somente no Playstation 3 terão uma nova experiência.

É tudo realmente surpreendente neste quesito de gráficos envolvendo esta nova versão do jogo, que desde o início já mostra ao público que realmente passou por uma reconstrução completa para oferecer um resultado significante que o console mais recente da Sony pode oferecer. A fluídez dos personagens no remake também está diferente, muito mais próxima do que foi visto na sequência de 2019. Além disso, a inteligência de Ellie e outros personagens que acompanham a sua jornada com Joel foram muito melhoradas. Eles tem mais atitude, conseguem se defender melhor, e entram em combates nos momentos certos quando necessário.

Para completar esta parte ligada aos gráficos e jogabilidade, o The Last of Us Part 1 de Playstation 5 também traz um aproveitamento para a característica tátil do Dualsense. E claro, também introduz o requisito de Som 3d quando o headeset Pulse 3d está ligado.

Somando essas questões de gráfico e jogabiliade, a história deste clássico jogo das gerações mais recentes também continua forte e recheada de muitas situações que são desenvolvidas em volta da relação envolvendo Joel e Ellie. Desespero, Egoísmo, Miséria, assim como esperança e redenção, continuam marcando presença ao longo de todo o seu desenvolvimento. E para isso, obviamente, a trama foi mantida a mesma já apresentada no passado. E não se engane, se você resolver sentar para aproveitar um pouco, certamente ainda passará horas preso nestes acontecimentos tão envolventes.

Vale a pena jogar The Last of Us Part 1?

Ellie em The Last of Us Part 1
Divulgação

Sim, continua em minha opinião sendo sempre MUITO válido retornar ao universo das histórias de Joel e Ellie. Seja na versão original, remaster, ou agora neste remake, The Last of Us Part 1 continua sendo um jogo extremamente bem desenvolvido e viciante. Por mais que eu tentasse dosar diariamente minha experiência, ainda assim em muitas ocasiões isso se mostrou impossível.

Ainda asim, o lançamento desta nova versão do jogo conta com um grande problema diante dos fãs: o seu preço cheio de R$ 350 reais. Neste caso, ao meu ver, existem dois cenário que devem ser comentados. O primeiro deles envolve o fato de que se você tiver jogado somente a versão de PS3, então esta nova versão de PS5 acaba se tornando extremamente relevante para aproveitar o poder do console. E com isso, consequentemente, faz valer a pena o valor cobrado. Já se você tiver jogado a versão de PS4, então é melhor esperar um desconto no futuro.

O certo é: The Last of Us Part 1 está disponível para Playstation 5 e você poderá em algum momento reapoveitar a história destes personagens com uma nova experiência gráfica extremamente detalhada.

Confira também:

Ghostbusters: Spirit Unleashed | Review – Vale a pena jogar?

Não deixe de acompanha todas as notícias sobre filmes, séries e games do Jornada Geek. Aproveite também para curtir a nossa página no facebook, além de nos seguir no twitterinstagram e também no Google News.

Notícias Relacionadas

Marco Victor
Marco Victor
Amante de filmes, séries e games, criou o Jornada Geek em 2011. Em 2012 se formou em Jornalismo pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora (CES/JF), e a partir de então passou a fazer cursos com foco em uma especialização em SEO. Atualmente é responsável por desenvolver conteúdos diários para o site com focos em textos originais e notícias sobre as produções em andamento. Considera Sons of Anarchy algo inesquecível ao lado de 24 Horas, Vikings e The Big Bang Theory. Espera ansioso por qualquer filme de herói, conseguindo viver em um mundo em que você possa amar Marvel e DC ao mesmo tempo.

Jornada Geek + Lolja

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui